Pichadores são multados em R$10 mil cada um, pela prefeitura de São Paulo

Dois dos envolvidos na pichação da fachada do Pátio do Colégio, no Centro Histórico de São Paulo, na última semana, foram multados em R$10 mil cada um.

O casal foi detido na última quinta-feira (12) por pichar a fachada do Páteo do Colégio, no Centro Histórico de São Paulo. Um terceiro suspeito de participar da pichação ainda não foi encontrado.

Veja a ação completa dos criminosos no vídeo abaixo:

A multa foi emitida no início da tarde desta segunda-feira (16) pela Secretaria das Prefeituras Regionais. Os dois infratores têm agora prazo para apresentar defesa ou fazer o pagamento, sob o risco de a penalidade ser confirmada e a multa incluída na dívida ativa a ser cobrada pelo executivo.

O homem, conhecido como M.I.A, (Massive Ilegal Arts, Artes Ilegais de Massa em tradução livre), é considerado o líder do grupo pela polícia e confessou ter participado de outras pichações a pontos importantes da cidade, como Monumento às Bandeiras e estátua do Borba Gato, em 2016, e muro do Estádio do Morumbi, em 2017.

Como se trata de um crime de menor potencial ofensivo, a pena não passa de dois anos, mas nesses casos é comum que os infratores não cheguem a ficar presos.

A limpeza da fachada começou na última segunda-feira, 16, e mais de 100 voluntários participam do processo de recuperação,  que deve se estender até a sexta-feira, 20. O mutirão é organizado em turnos, das 7 às 12 horas e das 12 às 17 horas, e todo o material utilizado nas atividades foi cedido ou doado.

Comentários

Pin It on Pinterest